Roubo de dados descoberto na Dark Web prejudicou mais de meio bilhão de pessoas. Confira os sites afetados


Roubo de dados acontece o tempo todo a internet, mas você já pensou que, nesse exato momento, alguma informação sua pode estar sendo vendida na Dark Web? Qualquer um que saiba os mecanismos para acessar essa parte da rede pode ter acesso à páginas que vendem informações pessoais aos milhares. E no começo desse mês, um vazamento em 16 sites diferentes afetou 617 milhões de pessoas, que tiveram suas informações vendidas por quase  US$ 20.000, que poderiam ser pagos em bitcoins.

Conforme foi publicado pelo The Register, os sites mais afetados foram: Dubsmash (162 milhões), MyFitnessPal (151 milhões), MyHeritage (92 milhões), ShareThis (41 milhões), HauteLook (28 milhões), Animoto (25 milhões), EyeEm (22 milhões), 8fit (20 milhões), Whitepages ( 18 milhões), Fotolog (16 milhões), 500px (15 milhões), Armor Games (11 milhões), BookMate (8 milhões), CoffeeMeetsBagel (6 milhões), Artsy (1 milhão) e DataCamp (700.000).

Desde a data do seu aniversário até a sua senha e seu nome de usuário de e-mail podem ser facilmente vítimas da violação em questão. Apesar de todos saberem que esse tipo de coisa acontece o tempo inteiro, os números do vazamento chamam a atenção.

Mesmo que o usuário tenha se conectado há anos com algum desses sites citados, é possível que o endereço de e-mail ou a senha continuem os mesmos hoje, logo, é possível que eles também tenham sido vazados. Logo, se você é usuário de algum desses serviços, é importante acessá-los e trocar sua senha ou realizar um novo cadastro, para evitar eventuais problemas no futuro.

Além disso, para saber se o seu e-mail e senha foram comprometidos, você pode usar também o serviço Have I Been Pwned, que indicará se os seus dados foram parar em algum canto obscuro da Dark Web.  

Fonte: Olhar Digital | 14/02/2019

Desenvolvido pela TBrWeb
Endereço:    Rua Marechal Floriano 1028, Vacaria RS | Fone 54 3232.1033